Eventos

Stanton Chase Patrocina Seminário Dave Ulrich 10 Novembro 2016

2016-09-09

15% de desconto até dia 10 de Outubro via Stanton Chase (patrocinador) | INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES: Telf. +351 21 849 33 33
formacao@vantagem.com

3º HR Lunch Stanton Chase | Porto | 8 Abril 2016

Com a participação de perto de perto de 30 Diretores de Recursos Humanos, decorreu no passado dia 08 de abril, no restaurante da Fundação AEP, no Porto o 3 º HR Lunch da Stanton Chase no Norte, à volta do tema “Pessoas, inovação e internacionalização”. O keynote speaker foi o Eng. º Carlos Oliveira, gestor e empresário com grande experiência em “Startups” e atual presidente da InvestBraga. Ao café, o orador realçou a importância das pessoas como fator critico do sucesso de qualquer projeto, em especial quando a inovação é o fator determinante. No debate que se seguiu surgiu a questão da dificuldade de atração e retenção de profissionais nas empresas de tecnologia, tendo o Eng. º Carlos Oliveira referido o projeto que tem liderado em Braga de capacitação de profissionais de Tis, a partir de pessoas das áreas de STEM em situação de desemprego.

5º CEO Lunch - "Boa gestão Made in Portugal" | 15 Março 2016

from 2016-03-22 to 2016-03-22

Decorreu no passado dia 15 de março no restaurante do Museu do Oriente, em Lisboa o 5º CEO Lunch da Stanton Chase. Contámos com a participação de perto de de 50 CEOs, Diretores Gerais e Country Managers. O tema do evento foi a “Boa gestão Made in Portugal”, lançado pelo Dr. Luis Ferreira Lopes como keynote speaker e seguido dum debate estimulante.

IV Revolução Industrial | Conferência | 01 Março 2016 | Sana Malhoa Hotel

from 2016-02-03 to 2016-02-03

A Stanton Chase Portugal vai realizar no próximo 1 de Março, pelas 14h30, no Hotel Sana Lisboa, a Conferência “A Quarta Revolução Industrial - Novos Líderes, Novas Competências!”. Neste evento, pretende-se abordar um tema actual em todo o mundo, analisar os clusters nacionais nos quais temos casos de sucesso e dispomos de vantagens competitivas, bem como perceber os desafios da globalização e da tecnologia - ao nível da gestão das competências e das lideranças neste sector. Inscrições: lisbon@stantonchase.com

Conferência - "Comunicação Interna"

from 2016-01-14 to 2016-01-14

Foi ontem 14 Janeiro que a Stanton Chase realizou a Conferência “Comunicação Interna - Informar, envolver e mobilizar” que contou com uma plateia fantástica com cerca de 150 gestores, aos quais agradecemos a sua presença. Um agradecimento especial a todos os oradores que se disponibilizaram a transmitir o seu know how na área da comunicação, que cada vez mais é a base para o sucesso pessoal e empresarial.

Conferência - "Comunicação Interna"

2016-01-14

Por se ter atingido o limite máximo de capacidade da maior sala do Hotel, lamentamos não poder aceitar mais inscrições. Procuraremos organizar uma nova edição num futuro próximo.

Conferência - "Comunicação Interna"

2016-01-14

Os processos de comunicação interna, formais ou informais, são críticos para qualquer organização empresarial. Da sua eficácia dependem dimensões como a ligação da estratégia à acção, o nível de colaboração inter-áreas e o engagement das diversas equipas, na prossecução dos objectivos globais. Inscrições: lisbon@stantonchase.com
http://media.umadesign.com/000066/nl_ci.jpg

U2 WORK

2015-04-29

No dia 29 de Abril, na Universidade de Coimbra, realizou-se conferência e workshop U2 WORK com intuito de ajudar os jovens estudantes na inserção no mercado de trabalho em tempo exigentes.

Stanton Chase colabora com Banco Alimentar

2015-05-31

Ao longo dos anos, a Stanton Chase Portugal tem assumido diversos projetos refletindo uma efetiva preocupação social no envolvimento com a comunidade. A nossa equipa que colabora há vários anos com o Banco Alimentar este ano não poderia faltar ...

CEO Lunch: empresas devem aproveitar as oportunidades da globalização

2015-05-26

A Stanton Chase Portugal organizou, no passado dia 26 de Maio, no CCB, em Lisboa, mais um CEO Lunch. Subordinado ao tema “As Empresas portuguesas face à globalização”, este almoço-conferência contou, como keynote speaker José Epifânio da Franca, Presidente Portugal Ventures. Com a presença de cerca de 3 dezenas de líderes executivos de empresas em Portugal, foi debatido o papel das empresas portuguesas face globalização. Foi defendido o apoio ao florescimento de mais empresas inovadoras (com escala e orientadas para o mundo), a criação de ambientes de transferência científica e tecnológica entre universidades e empresas e a atração de talento e capital a nível global. José Epifânio da Franca defende que um dos fatores críticos de sucesso das empresas portuguesas passa por “vender” propriedade intelectual sendo as nossas “soft skills” um dos elementos diferenciadores que nos destacam quando lidamos com outros países. Carlos Sezões, Partner da Stanton Chase, justifica a escolha do tema pelas “oportunidades que a globalização nos proporciona, em termos de novos mercados, captação de recursos financeiros e atracção de capital humano”. Acrescenta que “Portugal só tem a ganhar com uma nova geração de empresas e gestores, orientados para o mundo e com uma visão global”.

HR After Work

2015-04-15

A próxima edição do HR After Work terá lugar no dia 15 de Abril, a partir das 18h30, no Lounge Bar do Hotel Evolution, na Praça do Duque de Saldanha, 4, em Lisboa. O tema deste encontro será “O que espera um CEO dos seus Gestores RH?” e teremos o prazer de ter como convidado Nelson Pires, Diretor-geral da Jaba Recordati.

HR Lunch da Stanton Chase debate A Economia e as Vantagens Competitivas de Portugal

2015-03-31

Ontem, no almoço-conferência da Stanton Chase Portugal, com a presença de Luís Campos e Cunha, economista, professor universitário e ex-Ministro das Finanças. Excelente momento para debatermos a forma de tornar a economia e a sociedade portuguesas mais preparadas para os desafios deste mundo globalizado. Transformações que passam pelo mundo empresarial, pelo meio financeiro e pelo sistema político!

Coffee & HR dia 25 de Março de 2015

2015-03-25

No passado dia 25 de Março de 2015 a Stanton Chase Portugal, ISEG e a SFORI organizaram em pareceria um Coffee & HR onde pudemos contar com a presença de Luís Marques Mendes, que partilhou connosco a sua visão dos Recursos Humanos em Portugal durante a entrevista realizada por Jose Bancaleiro.

“Os desafios de Recursos Humanos numa estratégia de internacionalização”

2015-03-10

A Stanton Chase reuniu no dia 10 de Março de 2015, no restaurante da Fundação AEP (Porto), perto de três dezenas de profissionais de Recursos Humanos no seu 2º HR Lunch naquela cidade. O orador convidado foi António Rodrigues da Cruz, CEO da Amorim Revestimentos que partilhou com os presentes a sua rica experiência sobre os desafios de Recursos Humanos numa estratégia de internacionalização. Do debate que se seguiu, foi consensual a necessidade crescente de organizações e profissionais adotarem um “mindset” internacional e corresponderem às especificidades culturais dos mercados.

Entrevista à Diretora de Recursos Humanos da Sony Portugal

2014-02-09

Stanton Chase: Tendo em conta os desafios da sua empresa, quais os principais contributos que a gestão de RH deverá aportar para o negócio? Susana Simões: Para que um Gestor de RH possa aportar valor ao negócio tem de ser reconhecido pela administração da empresa como um verdadeiro parceiro, alguém que sendo um especialista na interpretação

Ceo Survey 2014

2014-02-01

A Stanton Chase realizou pelo terceiro ano em Portugal o CEO Survey. Neste questionário, quadros que lideram empresas nacionais e internacionais presentes no nosso País (CEO´s, Directores-Gerais, Country Managers), foram convidados da manifestar a sua opinião sobre o contexto nacional e europeu, sobre os desafios da gestão e do mercado de trabalho e sobre as suas preocupações enquanto profissionais. Este CEO Survey 2014, que decorreu no primeiro trimestre do ano, trouxe resultados interessantes, que evidenciam uma visão claramente mais positiva sobre a realidade portuguesa. Os gestores começaram por caracterizar os mercado português e europeu, apreciar as suas próprias estratégias e projetar os anos mais próximos. Cerca de 49% dos inquiridos mostraram-se optimistas relativamente à evolução da economia europeia nos próximos 2 anos (um olhar muito mais positivo do que em anos anteriores). Apenas 17% assumiram o seu pessimismo. Questionados sobre os factores da economia europeia mais poderão contribuir para a superação da crise foram mencionados, maioritariamente, a aposta na investigação e na inovação aplicada às empresas (57%), a maior eficácia na atracção de investimento estrangeiro, extra-europeu (55%) e uma maior integração política, económica e fiscal (em 45% das respostas). O sentimento também é de uma esperança crescente no que concerne à evolução da economia portuguesa nos próximos 2 anos. Cerca de 71% dos respondentes apostam num crescimento moderado (eram apenas 28% em 2013). Report global clique aqui
http://stantonchase.pt/news/pdfs/SC_CEOSurvey_2014.pdf

Capital Humano e Talento no Turismo em Portugal

2013-05-09

É consensual que o Turismo é um sector estratégico para Portugal e que o seu crescimento e desenvolvimento está na agenda de prioridades de todos os decisores políticos e empresariais. Contudo, para tirar partido das enormes potencialidades turísticas nacionais, muito há ainda a fazer. O Capital Humano e o Talento dos que trabalham neste sector será um dos factores críticos de sucesso para superar os actuais desafios e contribuir para novas abordagens por parte dos respectivos agentes empresariais. Variáveis como o marketing e a comunicação de Portugal como destino de referência, a definição de uma oferta de excelência nos vários produtos turísticos, o serviço ao cliente e a maximização das experiências dos que nos visitam são essenciais.    Pretendemos, pois, neste evento, compreender as questões-chave, inerentes ao desenvolvimento do Capital Humano e do Talento ao serviço do Turismo em Portugal, bem como compreender os factores que permitam alavancar Portugal como player mundial nesta área.

Engagement Surveys – Medir o compromisso para estimular a performance

from 2012-12-17 to 2012-12-17

Em tempos de exigência e pressão, o “compromisso” dos colaboradores torna-se uma variável indispensável a qualquer organização. Como tal, é importante à Gestão aferir o grau de envolvimento do seu capital humano e até que ponto ele se encontra alinhado com os interesses corporativos. Os projectos de Engagement Survey, permitem obter uma noção global e objectiva dos principais indicadores de compromisso organizacional, identificar factores que estimulem a performance e atenuar os aspectos bloqueadores da energia motivacional dos colaboradores. Se o tema está na sua agenda de prioridades, contacte-nos através do email lisbon@stantonchase.com para mais pormenores sobre a nossa metodologia
lisbon@stantonchase.com

Stanton Chase e Porto Business School debateram Liderança Executiva em tempos de pressão

from 2012-12-17 to 2012-12-17

A Stanton Chase Portugal e a Porto Business School organizaram, no passado dia 4 de Dezembro, no Porto, a conferência "Liderança Executiva em tempos de Pressão". Pretendeu-se conhecer melhor os contextos de pressão actuais, as competências-chave dos líderes do século XXI, os instrumentos de leadership assessment e as estratégias de desenvolvimento das lideranças. As apresentações estiveram a cargo de José Bancaleiro e Carlos Sezões (Stanton Chase) e de António Rodrigues da Cruz (CEO da Amorim Revestimentos). Perante mais uma centena de participantes, foi possível perceber os novos desafios que os gestores de topo enfrentam neste mundo empresarial mais globalizado, complexo e imprevisível – bem como que metodologias de desenvolvimento de competências podem ser eficazes nestes casos tão específicos.

Saúde - Capital Humano e Internacionalização

2012-08-02

O sector da Saúde em Portugal enfrenta hoje um conjunto desafios decorrentes do contexto actual. O envelhecimento da população, o aumento acentuado da procura de cuidados de saúde, a escassez de recursos e capital humano especializado nalgumas áreas e, numa óptica concorrencial, o aumento da competição a nível global. Tais desafios oferecem também oportunidades a um vasto conjunto de stakeholders públicos e privados, entre empresas, universidades, centros de investigação e unidades do Sistema Nacional de Saúde. O Capital Humano e o Talento dos que trabalham neste sector será um dos factores críticos de sucesso para superar estes desafios e contribuir para novas abordagens por parte dos agentes desta área estratégica: a valorização do conhecimento e da inovação, a promoção de um clima de cooperação/ competição e o enriquecimento da cadeia de valor da Saúde, com reflexos na qualidade da oferta e da própria exportação de produtos e serviços. Numa altura em que esta área representa já 10% do PIB, pretendemos, neste evento, compreender as questões-chave, inerentes ao desenvolvimento do Capital Humano, bem como compreender os factores que permitam alavancar internacionalmente Portugal enquanto país de referência na área da Saúde
http://stantonchase.pt/saude-capital-humano/

Código do Trabalho

2012-07-24

A reforma das leis laborais é uma realidade inevitável e está já em marcha.As alterações ao Código do Trabalho vão entrar em vigor no início do próximo mês de Agosto e são várias as mudanças que se farão reflectir no dia-a-dia das empresas portuguesas. Mas afinal, o que vai mudar em concreto? Os processos de despedimento serão mais simples e céleres? Existirá mais flexibilidade com os novos bancos de horas? Como serão indemnizados os trabalhadores? E o que acontece à remuneração das horas extraordinárias? Depois de uma mudança profunda de há três anos atrás, pretendemos perceber o que se altera agora na legislação portuguesa, como tal afectará os processos de gestão de recursos humanos nas empresas e proporcionar instrumentos para uma mais eficaz aplicação das novas regras.
http://stantonchase.pt/codigotrabalho/

Talento Sem Fins Lucrativos

2011-11-08

Nas últimas décadas, tem sido evidente a crescente importância do sector social (ou Terceiro Sector) em Portugal. O seu espaço de actuação é vasto e importante, focando-se no bem-estar e desenvolvimento social e cultural das comunidades em que se insere. Das fundações às organizações não governamentais dedicadas à ajuda ao desenvolvimento, das organizações religiosas às associações de índole cultural e recreativo ou de intervenção ambiental, centenas de entidades e milhares de pessoas trabalham hoje com foco numa missão social e sem olhar a fins lucrativos. Para cumprirem a sua missão, de acordo com os seus valores, necessitam de atrair, gerir e reter pessoas qualificadas e talentosas. Como tal, os bons processos de gestão de talento devem ser estruturados para garantir a sustentabilidade e eficácia destas organizações. Neste evento, pretendemos explorar as especificidades da gestão de Pessoas em organizações sociais e partilhar os bons casos de sucesso em Portugal.
http://stantonchaseportugal.com.pt/talento-sem-fins-lucrativos/

Corporate Governance - Eficácia e Transparência nas Organizações

2011-03-22

O tema Corporate Governance tem vindo a ganhar importância um pouco por todo o mundo. De facto, a cada vez maior complexidade e exigência dos mercados e do meio envolvente, veio trazer novas discussões sobre a forma como são governadas e controladas as Empresas. A definição de regras internas de funcionamento dos órgãos dirigentes, a tomada de decisão, o controlo interno e gestão do risco e a protecção de accionistas e investidores ficaram sob os holofotes do meio empresarial, investidores, media e opinião pública. Exige-se eficácia institucional, accountability e transparência. Esta conferência vem abordar quais os desafios que se colocam às grandes empresas (nacionais e multinacionais) presentes em Portugal e quais as estratégias e modelos mais adequados para os superar.
http://stantonchaseportugal.com.pt/corporategovernance/

Employer Branding - Da Estratégia à Execução

2010-09-22

O Employer Branding é essencial para todas as Organizações envolvidas na competição pela atracção e retenção de Talentos. Este conceito materializa-se na criação de uma "marca" assumida e partilhada, que englobe os atributos da Empresa e a sua oferta de valor, enquanto entidade "empregadora" e promotora de políticas de excelência ao nível da gestão do seu Capital Humano. Sendo constituída / influenciada por um mix de variáveis, o seu sucesso condicionará também a imagem global da Organização, numa óptica interna e externa, junto dos actuais e dos futuros colaboradores e também da comunidade em que está inserida (Media, Clientes, Fornecedores e público em geral).
http://stantonchaseportugal.com.pt/employerbranding/